“Santos de calça jeans” – GADE Santos 16/06/2012

“Precisamos de Santos sem véu  ou batina. Precisamos de Santos de calças jeans e tênis. “

A carta de João Paulo II – o Papa da Juventude – nos faz refletir em diversos âmbitos da santidade.

Afinal, como podemos definir santidade? O que faz uma pessoa ser santa? As respostas são muitas e verdadeiras, mas há um ponto chave : o AMOR. Cada santo tem uma história particular e distinta, mas uma coisa em comum: o amor que dedicavam aquilo que faziam.

Idealizar ser um santo reconhecido pela Igreja, pode até ser o nosso foco … mas não podemos esquecer que antes precisamos ser santos no meio daqueles que convivemos diariamente.

Sim! Com aqueles que amamos ou não. ” Se sou fiel no pouco, Ele me confiará mais”.

Se dedicarmos doses de amor em tudo que fizermos, aos poucos, as pessoas nos verão realmente como reflexo de Deus. Porque Deus é amor, e somos imagem e semelhança Dele.

Todos nós temos a oportunidade de conviver com santos. Isso mesmo, sempre há alguém que olhamos e sabemos de seus sacrifícios, do amor que faz transbordar em seus atos… e no fim das contas, essas pessoas são os santos mais próximos de nós. Na nossa comunidade – Sagrada Família-  temos o caso do João, o qual de forma nítida podemos perceber que ele se doou inteiramente pela santificação de sua família, através do acidente que sofreu e o fez perder “quase” tudo , porque assim como Chiara Badano Luce disse: ” Agora nada mais em mim está sadio, porém, ainda tenho um coração: com ele posso amar sempre” , e a vida do João é um eterno ato de amor. Isso não é viver o carisma de forma santa? Na Shalom, temos o exemplo do Jovem Ronaldo Pereira, que após uma linda história de conversão, dedicando-se aos jovens dizia: “Quero dar até minha última gota de sangue pelos jovens e pela igreja” , e foi isso que aconteceu: ao voltar de uma missão, sofreu um acidente e no local do acidente deixou todo o seu sangue. Isso não é doar a vida inteiramente para Deus? Sim! Precisamos vê-los como santos…Precisamos querer doar nossa vida por amor, e não precisamos esperar que algo ‘trágico’ aconteça para isso. A hora é AGORA. A única pessoa que pode tomar essa decisão é VOCÊ.

O melhor de tudo é que essa escolha não traz mal nenhum à nós , e se olharmos a nossa volta temos amigos que querem seguir e buscar o mesmo objetivo: a eternidade. É fato que não podemos nos excluir do mundo, e nem devemos, pois precisamos ser exemplos para tantos jovens que estão perdidos… A única diferença é que saberemos saborear as coisas puras e boas do mundo, sem sermos mundanos. Não precisamos experimentar de tudo, para que saber o que é bom ou não. Nós já conhecemos a Verdade, o Caminho e a Luz.

Agora, perseverantes, decididos e conscientes de que nem sempre será uma trajetória fácil podemos responder: Quem é que vai trilhar este caminho? Quem é que vai seguir a Jesus Cristo? Quem é que tem coragem pra dizer que ‘sim contigo eu vou’ ? .

Não se esqueçam, neste caminho, vocês nunca estarão sozinhos!

Por:
Laís Ferros – Consagrada CCSF
Rodrigo Toni – Postulante CCSF

Share and Enjoy:
  • Print
  • Digg
  • Sphinn
  • del.icio.us
  • Facebook
  • Mixx
  • Google Bookmarks
  • Blogplay
Esta entrada foi publicada em GADE - Santos. Adicione o link permanenteaos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

*


Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>