Caminho para um namoro santo

Para se viver um namoro santo é preciso enraizá-lo em um caminho de namoro ou pré-namoro (período de oração antes do início de um namoro) que também deve ser santo. Neste texto levarei você a uma reflexão de como o caminho de namoro está ligado diretamente a todo um novo que virá pela frente.

Namoro-Santo

Lembro-me que em 2012 quando estava completando os meus 18 anos, tinha uma imensa vontade de namorar alguma garota da Igreja, e assim, viver todas as práticas de namoro com ela até o meu casamento. Estava também iniciando minha caminhada dentro da Igreja na Comunidade Católica Sagrada Família.

Com o tempo, fui discernindo através de irmãos da Comunidade, oração pessoal, Eucaristia diária e Confissão, que eu deveria me preservar em oração e deixar com que Deus fizesse a Sua vontade em minha vida, não me preocupando mais em ter uma namorada, e sim, em cuidar das coisas de Deus, cumprir a vontade dEle para mim naquele momento.

Buscai em primeiro lugar o Reino de Deus e a sua justiça e todas estas coisas vos serão dadas em acréscimo. Não vos preocupeis, pois, com o dia de amanhã: o dia de amanhã terá as suas preocupações próprias. A cada dia basta o seu cuidado.” (Mateus 6,  33-34)

Esse tempo foi muito importante para a minha vocação, pois pude ver a ação de Deus em minha vida a ponto de já não mais me preocupar com o “problema” de precisar namorar alguém. Você, que hoje não namora e se preocupa em querer encontrar uma namorada (o), eu te convido para esse desafio: busque a vontade de Deus e tudo mais será dado por acréscimo!

Dois anos depois, no início de 2014, fui à uma missão para pregar em um encontro para jovens e conheci a Paloma que, até então, era coordenadora desse Grupo de Jovens. A partir daquele dia iniciamos uma amizade, totalmente sem interesses. Repare que Deus era o centro deste grande encontro, tanto para mim, que fui para partilhar a Palavra de Deus, quanto para ela, que aplicava o encontro para os jovens daquela Paróquia. Nossos laços foram se estreitando, a Paloma foi visitar a Comunidade Sagrada Família e participou do Grupo de Oração que eu coordeno, o Gade (Galera Amada de Deus).

Passado algum tempo de amizade, com bastante conversa e oração, novos sentimentos foram surgindo naturalmente e decidimos iniciar uma caminhada de oração rumo à um possível namoro, sem beijos e contatos físicos, apenas muita conversa e oração! Não colocamos tempo (o que pode variar de pessoa para pessoa) e muito menos traçamos metas para esse caminho, a não ser, cumprir a vontade de Deus. Confiavámos em Deus e sabíamos que se Deus fosse o centro daquele caminho de namoro, nós iríamos conseguir discernir a vontade d’Ele para nós.  Começamos a rezar o Santo Terço juntos, adorar Jesus no Santíssimo Sacramento, ler e meditar a Palavra de Deus na Igreja, participávamos da Santa Missa e conversávamos muito sobre tudo o que sentíamos. Buscávamos ser sinceros para compreender a vontade de Deus para nós. Durante o caminho de namoro, conversamos muito sobre nossos sonhos, filhos, interesses, e sobre levar realmente um namoro que tenha como meta o casamento. Tudo isso não quer dizer que tínhamos certeza que iríamos casar ou que vamos casar, mas é necessário nos preparar estando abertos ao casamento, para dar um sentido ao relacionamento. Após todo esse processo, Deus nos levou a firmar um namoro e, atualmente, estamos namorando há um ano e alguns meses.

O conselho que dou a você que está lendo esse artigo é que busque ser justo com o Senhor, busque não pular etapas em sua vida, cuide de sua vocação e deixe que Deus faça a obra em sua vida. O justo viverá pela fé (Hab 2,4)”. Vale a pena esperar em Deus para namorar, vale a pena iniciar um caminho de namoro, sem beijos, buscando uma profunda amizade sem interesses, e assim, será construída uma base sólida para iniciar um relacionamento sério, buscando a santidade.

As etapas do caminho de namoro (pré-namoro), são muito importantes para que você e sua (o) parceira tenham o diálogo, se conheçam e trilhem sonhos juntos, com essas etapas a amizade ficará mais fortalecida, e assim, ao darem o passo para iniciar o namoro, consigam viver estas práticas que são primordiais para manter um namoro santo, tanto na vivência da castidade, quanto nas práticas espirituais.

Para você que é solteiro e não namora, busque somente a Deus e Sua vontade, sempre em oração e aberto para que Ele o molde. Para você que sente algo por alguém, espera no Senhor em oração, e antes de começar qualquer namoro, proponha um caminho de namoro, com conversa, oração e com a ajuda de alguém que possa os orientar neste caminho. “Espera com paciência, dá ouvidos e acolhe as palavras de sabedoria; não te perturbes no tempo da infelicidade. (Ecle 2, 2)”. Você que já vive um namoro, e em seu namoro não houve esse tempo de conhecimento, se permita agora com sua namorada(o), começar a dar esses passos no diálogo, na partilha dos sonhos, na oração. Essas práticas darão a vocês o amadurecimento da amizade e fará com que vocês possam sonhar os sonhos de Deus, assim como eu e a Paloma sonhamos os sonhos de Deus e com o dia do nosso casamento, se assim, Deus permitir e for Sua vontade.

Como diz o nosso fundador, Ítalo Fasanella: “Namoro, tempo ou passatempo?”. Para que o seu namoro seja um tempo de aprendizado e crescimento para um possível casamento e não somente um passatempo, ele precisa ser alicerçado pela amizade e pela oração, em um caminho onde um leve o outro para Deus.

Eu te desafio a realizar essas práticas no pré-namoro e no namoro, e você verá que vale a pena deixar Deus agir de acordo com Sua vontade.

Desafio lançado, agora é com você!

“ O amor tudo espera.” (1Corintios 13, 7)

Leonardo Cirillo
Postulante da Comunidade Sagrada Família

Share and Enjoy:
  • Print
  • Digg
  • Sphinn
  • del.icio.us
  • Facebook
  • Mixx
  • Google Bookmarks
  • Blogplay
Esta entrada foi publicada em Formações e marcada com a tag , , , , . Adicione o link permanenteaos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

*


Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>