Bento XVI defende presença cristã nas redes sociais

Em sua mensagem para o 45º Dia Mundial das Comunicações Sociais, divulgada nesta segunda-feira, 24, o Papa Bento XVI salientou que existe um estilo cristão presente também no mundo digital: “traduz-se numa forma de comunicação honesta e aberta, responsável e respeitadora do outro”, afirmou.

redes sociais virtuais

O Santo Padre disse que comunicar o Evangelho através das novas mídias significa não só inserir conteúdos declaradamente religiosos, mas também testemunhar com coerência, no próprio perfil digital e no modo de comunicar, escolhas, preferências, juízos que sejam profundamente coerentes com o Evangelho, mesmo quando não se fala explicitamente dele.

“Também no mundo digital, não pode haver anúncio de uma mensagem sem um testemunho coerente por parte de quem anuncia. Nos novos contextos e com as novas formas de expressão, o cristão é chamado de novo a dar resposta a todo aquele que lhe perguntar a razão da esperança que está nele”, enfatizou Bento XVI.

Diante das novas redes sociais que já fazem parte do cotidiano, o Papa convidou os cristãos a unirem-se com confiança, criatividade, consciência e responsabilidade, para que este não seja um meio de simples satisfação do desejo de estar presente.

web, salientou o Pontífice, contribui para o desenvolvimento de formas novas e mais complexas de consciência intelectual e espiritual. “Somos chamados a anunciar, neste campo também, a nossa fé: que Cristo é Deus, o Salvador do homem e da história, Aquele em quem todas as coisas alcançam a sua perfeição”, enfatizou.

Bento XVI ressaltou também que os cristãos, testemunhando suas convicções mais profundas, prestam uma preciosa contribuição para que a web não se torne um instrumento que reduza as pessoas a categorias, que procure manipulá-las emotivamente ou que permita aos poderosos monopolizar a opinião alheia. “Os crentes encorajam todos a manterem vivas as eternas questões do homem, que testemunham o seu desejo de transcendência e o anseio por formas de vida autêntica, digna de ser vivida”, elucidou.

Sobretudo aos jovens, que estão envolvidos diretamente nesta mudança da comunicação, o Papa alertou que a presença nestes espaços virtuais pode ser o sinal de uma busca autêntica de encontro pessoal com o outro, e que é preciso estar atento para evitar os seus perigos, como refugiar-se numa espécie de mundo paralelo ou expor-se excessivamente ao mundo virtual. “Na busca de partilha, de ‘amizades’, confrontamo-nos com o desafio de ser autênticos, fiéis a si mesmos, sem ceder à ilusão de construir artificialmente o próprio ‘perfil’ público”, advertiu.

26/01/2011

Fonte: http://noticias.cancaonova.com/noticia.php?id=280131

Share and Enjoy:
  • Print
  • Digg
  • Sphinn
  • del.icio.us
  • Facebook
  • Mixx
  • Google Bookmarks
  • Blogplay
Esta entrada foi publicada em Notícias e marcada com a tag , , , . Adicione o link permanenteaos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

*


Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>