Testemunho Caio Carvalho – GADE SP 02/12/2011

Caro amigo,
Como me pediu um texto para transmitir por escrito o que conversamos com o grupo de jovens, aí vai…
Creio que a prioridade a ser transmitida é o meu agradecimento por ter permitido que eu participasse de algo tão nobre quanto aquele momento. Transmita também aos demais jovens do grupo, que de coração os agradeço pelas orações e por toda dedicação a mim direcionada. Como sempre digo, quem ora pode imaginar o efeito da oração, mas somente quem o recebe tem a correta dimensão da grandiosidade do ato. Obrigado!
Passo, então, a tecer breves considerações de nosso bate papo.
Na oportunidade afirmei que a medida que nascemos imperfeitos, todos somos deficientes. Portanto temos coisas a aprimorar e ou a desenvolver. O belo da vida é perceber que podemos evoluir em tudo e que se soubermos “olhar com olhos de ver”, perceberemos que existe uma gestão superior, e porque não dizer divina, do universo, a qual nos guia para o desenvolvimento inevitável, e que aceitar nosso caminho nos educa ao passo que rejeita-lo ou se revoltar contra ele só gera dor e pior, posterga a solução dos problemas. Tudo na vida é treinamento e não problema. O aprendizado surge daquilo que passamos na vida ou daquilo que buscamos aprender. Mas em um caso ou em outro, é o treinamento que permite assimilar o aprendizado. Não dependemos de ninguém para nos treinar, somos “senhores” de nosso destino. Deficiencias são ferramentas que nos faltam para desenvolver algo. Ferramentas podem ser adquiridas. Com as ferramentas necessárias, me motivo para fazer o que preciso, e se motivação é ter um motivo para uma ação, posso encontrar um único motivo permanente para toda e qualquer ação…. eu mesmo! Se sou o motivo, e não as pessoas com quem convivo nem o ambiente, não me falta vontade. Nem força, porque esta vem de Deus e sabemos ser esta fonte inesgotável. Fazendo o que é preciso e não o que eu gostaria apenas, levo a vida com humildade, o que me mantem em constante aprendizado. Com isso assumo uma postura positiva, não me frustro, e acredito cada vez mais em mim mesmo. Acreditando em mim, não permito que os outros digam o que eu sou ou o que posso ou não fazer, e, consequentemente, gero a segurança pessoal para tudo que preciso, o que me libera para ajudar ao próximo, cumprindo com um pedacinho do que Deus nos pede.
Como eu disse, eu sempre tive a pessoa certa, falando da coisa certa, na hora certa, resolvendo minha vida.
As vezes chega nossa hora de ser a pessoa certa na vida de alguém, e não podemos deixar de fazer o que está ao nosso alcance.
Temos que fazer o que acreditamos, sem medo!
Tomar a atitude com coragem e se arrempender do que fez, jamais do que poderia ter feito!
Como disse o Gladiador:
“O que se faz na vida, ecoa para a eternidade!”

Caio Carvalho
Share and Enjoy:
  • Print
  • Digg
  • Sphinn
  • del.icio.us
  • Facebook
  • Mixx
  • Google Bookmarks
  • Blogplay
Esta entrada foi publicada em Formações, GADE - São Paulo e marcada com a tag , , , , . Adicione o link permanenteaos seus favoritos.

Uma resposta a Testemunho Caio Carvalho – GADE SP 02/12/2011

  1. Rodrigo Toni disse:

    Belo texto. Infelizmente não pude ir no Gade em que o Caio estava, mas pelo que eu ouvi dos jovens e, agora lendo esse texto, posso perceber que foi um testemunho de se emocionar e de se tomar como exemplo. Reclamamos tanto dos nossos problemas, deixamos de fazer tantas coisas e até mesmo de viver por conta de detalhes e problemas tão pequenos que acabamos não sendo tudo que poderíamos ser.
    Que Deus te abençoe Caio, e continue com essa fé e motivação que você nos passa.
    Um abraço

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

*


Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>