“A volta do filho pródigo” – GADE Santos 24/03/2012

O Pai não condenou, nem rejeitou, somente amou

Todos nós conhecemos a passagem de Lucas 15,11-32 que fala do filho pródigo. Todos nós somos ou fomos este filho que retornou a casa do Pai.

Mas se você ler com atenção esta passagem de Lucas, quem se destaca é o Pai e não o filho, pois o centro da passagem é o amor misericordioso do Pai (cf. Lc 15, 20b).

É esta atitude que Deus tem com cada um de nós todos os dias, ir ao nosso encontro, cobrir cada um de nós de beijos e dar seu coração misericordioso a nós.

“Que Deus inflame nosso coração com sua misericórdia para tratarmos a nós mesmos e os outros com Misericórdia”.

O filho não trocou a roupa ou tomou banho para ir ao encontro do Pai, mas foi do jeito que se encontrava, não escondeu a sua miséria ou a situação de pecador. Contudo se lançou nos braços do Pai com tudo que tinha.

O Pai não condenou, nem rejeitou, somente amou. Deus te trata assim, espera que você venha ao encontro Dele como você está; com a roupa suja de pecado, com a miséria que você vive.

A mesma atitude do Pai devemos ter para acolher os irmãos que virão e estão vindo ao nosso encontro. Não podemos exigir que eles estejam com roupa de festa para vir ao nosso encontro, mas somos nós que os vestiremos com roupa de festa, colocaremos anel e acolheremos com alegria.

“A tua misericórdia, ó Deus, não conhece limites e é infinito o tesouro da tua bondade… (Oração depois do Hino “Te Deum”) e “Ó Deus, que revelas a tua onipotência sobretudo com a misericórdia e com o perdão…” (Oração do Domingo XXVI do Tempo Comum).

Já fomos filho pródigo e experimentamos a misericórdia. Hoje Deus te convida a levar a misericórdia a todos.

Reinaldo Cazumbá – Comunidade Canção Nova
reinaldo@cancaonova.com

Share and Enjoy:
  • Print
  • Digg
  • Sphinn
  • del.icio.us
  • Facebook
  • Mixx
  • Google Bookmarks
  • Blogplay
Esta entrada foi publicada em Destaques, GADE - Santos. Adicione o link permanenteaos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

*


Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>