“Castidade, Deus quer você consegue!”

“O amor é paciente, o amor é bondoso. Não tem inveja. O amor não é orgulhoso. Não é arrogante. Nem escandaloso. Não busca seus próprios interesses, não se irrita, não guarda rancor. Não se alegra com a injustiça, mas se rejubila com a verdade. Tudo desculpa, tudo crê, tudo espera, tudo suporta”(I Corintios 13,4-7)

Deus é amor…Se Deus é amor tudo o que esta fora de Deus é desamor.

O sexo é algo sagrado, que é reservado para o matrimônio.

“A mulher não pode dispor de seu corpo: ele pertence ao seu marido.E também o marido não pode dispor do seu corpo:ele pertence a sua esposa”(I Cor 7,4)

Quando a pessoa pratica-o fora ou antes do casamento , é pecado, pecado contra a castidade.Mas você sabe o que é castidade?

A castidade significada o equilíbrio da sexualidade, a forma correta e pura de lidar com a sexualidade. Vale lembrar que a sexualidade não está ligada somente ao ato sexual, mas também ao amor, carinho ,afeto para com o outro e por si mesmo.

Um escritor Frances, chamado Paul Claudel disse: “A juventude não foi feita para o prazer, mas para o desafio”

No mundo contemporâneo é muito difícil para um jovem viver a castidade. Vivemos em um mundo sujo que prega a futilidade e “o descartável”, os jovens se usam e depois jogam fora, como algo descartável. Em meio a tudo isso Deus nos lança o desafio: Sermos  jovens castos.”Toda batizado é chamado à castidade.”(Cf.Gl 3, 27)

“Não tenhas a covardia de ser valente, foge!” (José Maria Escrivá)

Uma tarefa nada fácil, pois a carne é fraca, por isso Deus nós fala: ”Vigiai e orai”.Já escutaram o provérbio a ocasião faz o ladrão? Pois é, para viver a castidade devemos evitar locais propícios que nos levam a cair: locais escuros, afastados de pessoas; fugir das tentações. Além disso, viver uma vida sacramental, sempre frequentar a confissão e comunhão são um complemento para esse desafio.

Para viver a castidade é importante que sejamos castos nos pensamentos. Não dá para se viver a castidade quando os olhos, os pensamentos continuam ligados a uma sexualidade distorcida e precoce. Quando limpamos nossa mente de tudo o que o mundo prega, de uma sexualidade liberal, e fazemos um propósito com Deus fica muito mais fácil de viver a castidade!

Um jovem casto é uma pessoa cheia de energia, de felicidade que se mostra seguro, livre e que possui um autocontrole. É na sua juventude, no seu namoro santo, que você se prepara para um casamento sólido, fiel e sem inseguranças.

O jovem que tem a vida casta ele possui um autocontrole que é colocado a prova muitas vezes quando o demônio manda seu exercito para tentá-lo, mas por ter sido casto consegue vencer esse desafio.Quem não tem um domínio sobre si mesmo é egoísta, não consegue amar.

O namoro é o momento no qual conhecemos o outro, sua alma, seus valores e não o seu corpo. Quando casamos damos o sim para nos unirmos em um só corpo com o amado. A partir disso um pertence ao outro e nesse momento a sexualidade dentro do casamento sela essa união.

Jovem diga SIM a castidade.Deus quer, você consegue!Vale a pena viver uma juventude santa!

Por Maria Carolina Varelas de Santana (Postulante CCSF – Missão Santos) e Victor Foganholi Ribeiro (Vinde e Vede CCSF – Missão Santos)

Share and Enjoy:
  • Print
  • Digg
  • Sphinn
  • del.icio.us
  • Facebook
  • Mixx
  • Google Bookmarks
  • Blogplay
Esta entrada foi publicada em Formações, GADE - Santos, Sagrado Namoro. Adicione o link permanenteaos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

*


Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>